Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

ADEUS ANGÉLICO - Hospital já declarou morte do actor e cantor de 28 anos

Hospital de Santo António, no Porto, declarou esta noite de terça-feira morte do actor e cantor Angélico Vieira, de 28 anos.

A declaração da morto do actor foi feita já depois das 23h40 desta terça-feira, depois de vários adiamentos por parte do hospital.
Um assessor do hospital confirmou aos jornalistas o óbito, afirmando que foi declarado após a confirmação do estado de morte cerebral de Angélico Vieira.
A meio da tarde, o hospital revelou que ao princípio da noite haveria um comunicado, dando conta da hora oficial do óbito e das causas da morte do jovem cantor, que deu entrada no Santo António na madrugada de sábado, depois de ter sofrido um acidente de viação que lhe provocou um traumatismo crânio encefálico entre outras lesões graves.
Pouco depois das 21h00, o assessor de imprensa do hospital informou os jornalistas que ainda não havia condições para emitir o comunicado da morte de Angélico, mas que a confirmação do óbito aconteceria esta noite. O assessor não entrou em detalhes, mas sabe-se que o comunicado só será tornado público depois de resolvidas “questões procedimentais” que foram levantadas pela família e que o hospital precisa de resolver.
O assessor garantiu uma vez mais que Angélico continuava ligado ao ventilador. A confirmação da morte acabaria por vir mais tarde.
Entretanto, a família já tinha abandonado o Santo António e o hospital acredita que as “questões procedimentais” de que os familiares falam fossem ultrapassadas no mais curto espaço de tempo.
Um pouco antes desta informação, registou-se um incidente entre uma jovem que saíra do hospital na companhia de uma outra amiga e que terá ido visitar Angélico. A jovem pontapeou um repórter fotográfico de um jornal de Santa Maria da Feira depois de este lhe ter tirado uma fotografia.
Ao longo do dia, muitos jovens concentraram-se junto à entrada principal do hospital. Pelas 19h10, a polícia vedou a entrada, deixando aquele espaço reservado apenas para os jornalistas. Mas foi por pouco tempo, já que pouco depois os jovens ocupam de novo a entrada do hospital.
Pouco depois das 20h00, a grande maioria dos fãs começou a entoar algumas das canções que celebrizaram os D´zrt e chegou a gerar-se alguma histeria, mas a situação foi controlada, sob o olhar atento da polícia.
As portas da entrada principal do hospital fecharam cerca das 21h30, mas havia ainda muita gente que aguarda no local por notícias do jovem Angélico, que perdeu a vida aos 28 anos.
O jovem teve um grave acidente de viação na madrugada de sábado na A1. Na viatura, conduzida pelo músico, que se despistou na sequência do rebentamento de um pneu, seguiam também Hélio Danilson Filipe, 25 anos, que teve morte imediata, e cujo funeral foi hoje, e Arminda Leite, 17 anos, que ficou ferida com gravidade e que permanece internada com prognóstico reservado.
O quarto ocupante da viatura, Hugo Mendonça Pinto, o único que na altura do acidente seguia com o cinto de segurança colocado, sofreu ferimentos ligeiros.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.