Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Vem aí "Um Mundo Catita"

Mais humor ao domingo. Desta vez, no segundo canal da estação pública. A série "Um Mundo Catita", de seis episódios, tem como pano de fundo a época natalícia. A estreia está prevista para 16 de Novembro, na RTP2, cerca das 23.30 horas.

É em torno do vocalista dos "Irmãos catita", ex-candidato a Presidente da República, que gira toda a história. Manuel João Vieira é, pois, o protagonista da trama em que se adivinham momentos hilariantes assentes num "non-sense" que lhe é característico. "Trata-se de uma fase da vida da personagem em que tudo lhe corre mal", conta Vieira e acrescenta: "Não é propriamente uma série de humor, embora este esteja sempre latente, tem mais a ver com comédia de costumes". Na senda de "Nightmare before Christmas", a série de produção nacional é perpassada pelo Natal.

A ideia original partiu de Filipe Melo e João Leitão, sendo que foram apontados num "brain-storming" determinados pressupostos que se vieram a consubstanciar neste produto para o pequeno ecrã. "Situações embaraçosas e caricatas que aconteceram realmente" integram a série, pronta desde 2007. "Nós fizemos isto com muito amor e muito pouco dinheiro", prossegue. A RTP2 "que não é propriamente o canal com mais recursos financeiros" interessou-se pelo projecto "que tem uma qualidade que se apropria à estação", considera.

Gravada em alta-definição, cada episódio de 30 minutos de "Um Mundo Catita" tem a particularidade de os sonhos do protagonista, filmados em 16mm, se reportarem a momentos da história do cinema. "A imagem funciona muito bem", comenta. Referências a "O sétimo selo" de Ingmar Bergman", ou ao gabinete do dr. Caligari, bem como a um intelectual francês dos anos 60, integram o que Vieira apelida de "devaneios poético-cómicos".

"É para ser vista por toda a família, de preferência na véspera de Natal", tendo em conta que "passa uma mensagem subjacente de esperança e as pessoas vão ficar mais ricas", releva o artista. Mostrar que "há luz para além do défice, que a economia não é assim tão essencial", pelo que "se deveria dar mais atenção à agricultura e à pesca", é segundo Vieira, um dos desígnios a cumprir por "Um Mundo Catita". A série que, não obstante ser única, sofreu influências de produções norte-americanas como "Curb your enthusiasm", "dá muita importância ao culto Mariano (da Virgem Maria), mas não tem medo de falar em temas quentes, como pornografia entre seres humanos e animais". Porém, "não aperece sequer uma maminha", salvaguarda no seu jeito jocoso.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.