Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

A VIDA PRIVADA DE SALAZAR estreia Domingo

A direcção da SIC apostou nesta série de orçamento ambicioso. O resultado agradou bastante, e Nuno Santos quer repetir a dose.

Imagine António Oliveira Salazar a escrever poemas de amor à média luz ou sentado num banco de jardim aos beijos com uma mulher. Pura ficção? Talvez não. A Vida Privada de Salazar é a mais recente aposta da SIC, que estreia já no domingo, dia 8, na SIC. O segundo e último episódio está agendado para o dia seguinte. Uma grande aposta da estação, realizada por Jorge Queiroga e produzida por Manuel Fonseca, que irá passar no horário nobre do canal. E quanto a custos? Ficam no segredo dos deuses. "É um orçamento ambicioso para Portugal, mas há mais caros", explica Manuel Fonseca sem esquecer a vaidade de ver reflectidos os custos "nas imagens". Também Nuno Santos se esquivou a fazer contas, mas confessa que se trata de "um acordo diferente do que a SIC costuma gastar em ficção". Aliás o sonho do director de programas da SIC é repetir a fórmula: "Desejaria ter ao longo do ano três ou quatro projectos destes." Este filme é protagonizado por Diogo Morgado, Filipe Vargas, Soraia Chaves, a história chegará em Abril às salas de cinema.

Vê aqui alguns VIDEOS DESTE FILME QUE PASSA DOMINGO NA SIC!



Hoje há BATANETES & BATANITOS!

Hoje á tarde a TVI regressa a série húmoristica "Batanetes & Batanitos" onde as crianças são as protagonistas.

Esta tarde de fim-de-semana vai ser diferente na TVI, logo a seguir ao "Jornal da Uma" o canal de Queluz de Baixo emite a série de humor "Batanetes & Batanitos", onde as crianças são os protagonistas. De acordo com a programação disponiblizada no site da TVI em ( www.tvi.pt ) a série será transmitida das 13:55 às 14:15H.

NOVIDADES das próximas novelas da TVI!

"LALOLA" vai ter como protagonistas Benedita Pereira e António Pedro Cerdeira, "A VIDA INTEIRA" terá como protagonista Vera Kolodzig, já "CORRENTES" vai ter no elenco Pedro Lima e Dalila Carmo.

LALOLA

Ainda não está decidido se a adaptação desta série argentina se vai chamar "Júlio e Julieta", mas os protagonistas já estão escolhidos, serão Benedita Pereira e António Pedro Cerdeira.

A série conta a história de um arrogante e machista director de uma revista que, depois de abandonar mais uma conquista, acorda no corpo de uma mulher devido a um feitiço que lhe foi lançado. Ao ver-se ao espelho, fica apavorado, mas, como não consegue voltar ao normal, acaba por ter de assumir a sua nova condição, ao mesmo tempo que procura ajuda. Continua a ser chefe da revista, mas inexplicávelmente apaixona-se por um colega da revista, depois disto a chefe assume a sua feminalidade e o novo amor.

No elenco para além de Benedita Pereira e António Pedro Cerdeira, que serão os protagonistas, poderá também Pedro Lima integrar o elenco.

A VIDA INTEIRA

Com as gravações de "Feitiço de Amor" prestes a terminar, a TVI já está a pensar na substituta desta novela lider de audiências.

"A Vida Inteira" (Nome Provisório), conta a história de dois jovens que se apaixonam, embora sejam de mundos completamente diferentes. Ela é herdeira de um titulo nobiliárquico, figura connhecida do Jet7, ao passo que o rapaz cresceu e vive no Gerês, em plena mata, pois adora observar lobos. Nos primeiros episódios a jovem é perseguida por por um paparazzi enquanto passeia pela cidade de Veneza, farta desta situação ela volta para Portugal e refugia-se na conhecida zona minhota.

No elenco estarão actores como Alexandra Lencastre, Vera Kolodzig, Vítor Norte, Marisa Perez, Sofia Arruda, Mafalda Pinto, Maria José Paschoal, José Fidalgo, Sónia Brazão, José Eduardo, Mariana Monteiro, João Catarré, Márcia Breia, João Perry, Isaac Alfaiate, e Diogo Amaral.

CORRENTES

Em Abril chegará "Correntes", a substituta de "Olhos nos Olhos". Esta trama contará a história de uma mulher ainda jovem, psicóloga de profissão. Ela tem um passado misterioso, que resolve descobrir a todo o custo. Depois de, durante anos, juntar várias pistas, decide, então, viajar até Macau, para onde vai em busca das suas raízes. E é no Oriente, mais concretamente na antiga região administrada por portugueses, e na Tailândia, que as gravações terão início.

Nomes como os de Pedro Lima, Dalila Carmo, Margarida Marinho, Sara Salgado, Marcantonio Del Carlo e Rita Salema estão praticamente certos. Tozé Martinho é o autor desta novela.


TVI 24 convida Fernanda Câncio

Director-geral da TVI convidou Fernanda Câncio, João Pereira Coutinho e Francisco José Viegas.

O novo canal de notícias da TVI, TVI 24, que arranca no próximo dia 26 na TV Cabo, terá um programa semelhante ao famoso ‘Manhattan Connection’, que se popularizou nos anos 90 na grelha da brasileira GNT.
Francisco José Viegas, escritor e colunista, de 46 anos, João Pereira Coutinho, de 33 anos, professor universitário e colunista, e Fernanda Câncio, 44, jornalista e namorada do primeiro-ministro José Sócrates, já foram contactados pela TVI para conduzirem este formato semanal.

Os dois comentadores já aceitaram e a estação liderada por José Eduardo Moniz aguarda apenas a confirmação de Fernanda Câncio para dar luz verde ao novo formato.

Contactada pelo CM, a jornalista disse apenas: "Não confirmo nada." Também o director do TVI 24, João Maia Abreu, remeteu para mais tarde qualquer comentário sobre este novo programa.

‘Manhattan Connection’ foi criado em 1993 e ganhou fama graças ao saber e acutilância dos seus comentadores. A partir de um estúdio em Manhattan (no coração de de Nova Iorque, Estados Unidos da América), os apresentadores falam para milhões de telespectadores no Brasil. Lucas Mendes, Caio Blinder, Ricardo Amorim, Pedro Andrade e Diogo Mainardi são os actuais comentadores, que discutem política, economia e cultura, sempre a par da actualidade que faz manchete nos jornais.

O programa ‘Manhattan Connection’ celebra agora 16 anos de emissão ininterrupta e é o mais antigo da TV por cabo brasileira.

Camilo de Oliveira regressa à SIC com CAMILO, O PRESIDENTE!

O actor e a sua equipa já estão em preparativos para a nova sitcom televisiva, que deverá estrear em Março.

Já começaram os preparativos para a nova série humorística de Camilo de Oliveira. O actor que festejou recentemente 60 anos de carreira, regressa ao canal de Carnaxide com outra sitcom. A ideia original é dos autores Lourenço Henriques e Filipe Avis, mas contém o cunho pessoal do actor. A história gira em torno de duas juntas de freguesia (Faneca de Cima e Faneca de Baixo), assim como de duas corporações de bombeiros rivais. Camilo prepara-se para dar vida a um dos presidentes, que viverá inúmeras aventuras contra o seu rival. Com o humor a que já nos habituou, "Camilo, o Presidente" é uma série de 26 episódios que pretende retratar a corrupção e negligência que se vive em muitas juntas de freguesia do nosso país. O actor, de 74 anos, e em reuniões para assegurar o restante elenco. A produção da nova série deverá estar a cargo da CBV, a nova produtora de Piet-Hein Backer, e a estreia está prevista para meados de Março.


TVI 24 exclusivo da ZON Multimédia

Com este acordo, a empresa que lidera em Portugal o mercado de televisão por subscrição  com 1 539 000 subscritores, segundo os últimos dados  garante a exibição em exclusivo do novo canal de notícias da TVI, confirmou o CM junto da ZON, deixando assim d

A TVI 24 assinou um contrato de exclusividade com a ZON Multimédia, que detém a TV Cabo. O novo canal será exibido na posição 7 da grelha da TV Cabo e o contrato vigora por um ano.
Com este acordo, a empresa que lidera em Portugal o mercado de televisão por subscrição – com 1 539 000 subscritores, segundo os últimos dados – garante a exibição em exclusivo do novo canal de notícias da TVI, confirmou o CM junto da ZON, deixando assim de fora outros operadores como a Portugal Telecom (que detém o MEO) ou a Cabovisão.  

ESTREIA NO DIA 26

Com arranque marcado para o próximo dia 26, o TVI 24 posiciona-se como um canal de notícias, concorrente directo da SIC Notícias (da SIC) e da RTP N (da estação pública). O novo canal é dirigido por João Maia Abreu, que acumula o cargo com a direcção de Informação da TVI, e apresenta uma forte aposta nas áreas da política, da economia e do noticiário internacional.

Entretanto, a Portugal Telecom já desvalorizou este contrato. Em declarações à Agência Financeira, o administrador Luís Pacheco de Melo referiu que a perda do TVI 24 não era uma "menos-valia". "As vantagens competitivas não se fazem à base de conteúdos exclusivos, mas, por exemplo, de funcionalidades diferentes", disse, referindo-se às vantagens de gravação do serviço IPTV do MEO, que já superou os 300 mil assinantes.

Ainda assim, aquele responsável não rejeitou a possibilidade de negociar com a TVI 24 dentro de um ano, quando terminar a exclusividade com a ZON. "Vamos ver. Nem sabemos se o canal é bom", disse.

MORTE ABALA "MORANGOS"!

A Geração Rebelde vai sofrer um dos maiores choques. A professora de dança morre num acidente e Mário testemunha tudo!

Vai ser a primeira morte anunciada em Morangos Com Açúcar e vai chocar tudo e todos. Pedro Barroso vai ser o principal "sofredor" do acidente que acaba por vitimar a professora Eva, pois é a sua personagem que assiste a tudo. "O Mário ganha um casting de dança, mas como não se sente confiante, a professora Eva acaba por insistir e vão juntos de carro. Têm um acidente de viação e ele é o sobrevivente", revela, acrescentando que se vai sentir "culpado pela morte dela. Ele vai entrar num estado de depressão, não consegue ultrapassar a morte da professora", explica o jovem actor, que vai ter o apoio dos amigos: "A Amélia e o Raul vão estar sempre do lado dele. O Mário vai continuar a pintar, mas agora a Amélia. A pintura é a única coisa que o afasta da depressão. Vai ser uma das formas de terapia, assim como o professor Eugénio, que era muito ligado à Eva", acrescenta.

Dá-se, assim, uma viragem na sua personagem: "As partes da sequência mais forte já foram gravadas, e acho que era isso que me faltava. Uma personagem não vive só da paixão por alguém e esta mudança foi muito boa para mim." E como será a reacção dos jovens espectadores? "Acho que a morte da professora vai chocar. Em termos de escrita está bastante elucidativo e acho que é necessário abordar estes temas. O que é pretendido aqui é alertar, porque na vida real também se morre assim. Depois, vai estar retratado na minha personagem o ultrapassar da morte. É uma mensagem a passar. A escrita está lindíssima. As homenagens que se fazem são bonitas".


TVI 24 prepara frente-a-frente

Os economistas Braga de Macedo e Pina Moura vão debater temas da agenda política e económica

Os economistas Braga de Macedo e Pina Moura vão debater temas da agenda política e económica.
O canal de notícias TVI 24, que arranca no próximo dia 26 no cabo, incluirá na sua grelha um programa de debate sobre temas da actualidade que vai juntar num frente-a-frente os economistas e ex-ministros das Finanças Braga de Macedo e Pina Moura.

O professor universitário Braga de Macedo, de 62 anos, foi ministro das Finanças do XII Governo Constitucional e manteve-se em exercício até 1993. Por seu turno, Pina Moura, de 57 anos, foi nomeado ministro das Finanças em 1997, cargo que acumulou com a pasta da Economia.

Os dois políticos vão animar um programa de debate, de periodicidade semanal, que faz parte da grelha-tipo do TVI 24 já autorizada pelo Conselho Consultivo da ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social).

Política, economia e noticiários internacionais são os temas fortes do novo canal da Media Capital. João Maia Abreu vai dirigir o novo TVI 24, acumulando o cargo com as funções de director de Informação da TVI. Também a editora de Política da TVI, Constança Cunha e Sá, terá um papel de destaque neste canal que vai rivalizar directamente com a SIC Notícias e a RTP N.

Aos rosto emblemáticos da TVI, o novo canal juntará profissionais que recrutou e que tem estado a formar. Ao todo são 50 novos profissionais, entre pivôs, jornalistas e técnicos de imagem.

Assessores do governo LIGAM PARA A TVI à Sexta-Feira

Manuela Moura Guedes está indignada. Os ministros recusam os seus convites para ir ao seu jornal, mas depois acusa, QUEREM SABER o alinhamento das notícias.

Desde o início de Janeiro, talvez devido ao Caso Freeport de Alcochete, vários acessores do Governo socialista têm ligado para a redacção da TVI à sexta-feira, dia do Jornal Nacional - 6.º Feira de Manuela Moura Guedes, para saberem o alinhamento das notícias. Mas não só. "Falam com alguns jornalistas, pois querm saber o que temos e, também, saber se há alguma bronca com ministros. Nestas duas últimas semanas foi impressionante...", conta indignada a directora-adjunta de Informação, em exclusivo, à revista TV Guia.

Satisfeita por saber que tem jornalistas em quem pode confiar e que não alinham neste jogo, Manuela Moura Guedes não deixa de referir que estes comportamentos "são um atropelo completo" àquilo que deve ser a relação entre o poder e um orgão de comunicação social. "É uma vergonha, inconcebível. Não me lembro de alguma vez isto ter acontecido", crítica, acrescentando que os assessores são conhecidos: "Estão ligados ao topo do Governo. Não, não vou dizer nomes..."

Será que um deles é Luís Bernardo, assessor de José Sócrates e ex-jornalista da TVI? A directora-adjunta diz que, "felizmente, ele já não faz parte dos quadros da estação", a exemplo de outros colegas mais antigos. "Ainda bem que rescindiu. Há pouco tempo soube que ele, numa aula que deu na faculdade, disse aos alunos que aconselha o primeiro-ministro a não ir ao meu jornal. Pelos vistos é ouvido!", ironiza, contando que Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência, "é o único" a manter vínculo a Queluz de Baixo.

Manuela Moura Guedes desconhece ainda se este trabalho dos assessores - "pressões" para uns, curiosidade para outros - também acontece na concorrência, RTP e SIC. Aquilo que sabe é que, até hoje, já lá vão oito meses, nunca teve no Jornal de 6.ª um ministro para esclarecer o que quer que fosse, apesar de os convidar constantemente. "Numa semana, chego a convidar vários, e só oiço nãos! Começo a suspeitar de que estão proibidos por Sócrates. Só pode ser", acusa.


Estreias na RTP1

A série Pai à Força, com Pepê Rapazote e Carla Salgueiro estreia dia 6 e A Minha Família com Carloto Cotta e Fernando Luís dia 12.

 

PAI À FORÇA:"Um dramalhão" é como Pepê Rapazote considera a nova série que a RTP1 estreia no próximo dia 6 (às 21:00), Pai à Força, da qual é protagonista. Esta nova produção nacional conta com duas temporadas, num total de 52 episódios, e promete, ainda segundo o actor, "fazer chorar as pedras da calçada". Esta série conta a história de um homem que derrepente se torna "pai" de três crianças, que ficam órfãs após morte subita de um casal amigo.

A MINHA FAMÍLIA: Na semana seguinte (dia 12), arranca a sitcom A Minha Família, com Fernando Luís a encabeçar o elenco. Adaptada da produção britânica My Family, da BBC, a trama gira em redor das peripécias divertidas da família Teixeira. "É uma família completamente disfuncional, já ninguem se entende naquela casa", explica Fernando Luís, que diz com humor que o papel de pai de família o persegue.

RITA FERRO RODRIGUES substitui Fátima Lopes nas manhãs

Rita Ferro Rodrigues foi a escolhida para substituir Fátima Lopes nas manhãs.

A apresentadora Fátima Lopes disse, na última edição da TV 7 Dias, que não se pode dar ao luxo de ficar cinco meses em casa, depois do bebé nascer. Acresecentou ainda que a sua licença de maternidade não deve ultrapassar os três meses. Durante esse período, em que Fátima vai estar entregue às fraldas e biberões do Filipe, será Rita Ferro Rodrigues a assegurar as manhãs da SIC. "Já não é a primeira vez que a Rita substitui a Fátima. No contexto actual, é a única coisa que faz sentido, porque a Maya tem o programa à tarde, o José Figueiras outro de manhã e a Sofia Cerveira está completamente fora de questão", comenta fonte da Comunicasom.


TVI vai ter canal generalista no cabo

TVI já está a preparar o seu próximo canal para o cabo, que será generalista e terá ficção nacional e internacional e programas de entretenimento.

Para além do TVI24, que vai arrancar já a 26 de Fevereiro, a TVI já está a preparar o seu outro canal para o cabo. Generalista, 24 horas por dia e contará com ficção nacional, internacional e programas de entretenimento vão preencher o novo canal generalista no cabo com a chancela TVI. Haverá espaço para produções específicas para o canal, ao mesmo tempo que será feita uma “articulação com as produções da TVI”. Aliás Moniz na apresentação dos seus canais no cabo disse: "Estamos envolvidos num processo negocial que envolve dois novos canais, um de informação e outro de entretenimento. São estes dois canais que têm estado em discussão", afirmou o director geral da TVI, que quer "consolidar a estação no audiovisual português".

Na altura especificamente sobre o canal de entretenimento, Moniz levantou um pouco véu e referiu que incluirá tanto ficção nacional como internacional e poderá incluir repetições de programas antigos da estação

'UMA CANÇÃO PARA TI' AMEAÇADO por outro concurso

Se UMA CANÇÃO PARA TI não for em frente, a TVI já tem outro concurso nas mãos. X FACTOR fabrica estrelas, e Júlia Pinheiro pode vir a conduzi-las.

Está lá tudo no site oficial inglês do formato: a TVI prepara-se para agarrar o concurso-ensação X Factor, que todos os anos dá a vitória nas audiências no canal ITV em Inglaterra.

Na semana em que José Eduardo Moniz viajou com André Cerqueira até Las Vegas para mostrar o que tem de melhor na sua estação - nomeadamente a série Equador, mais algumas novelas - e procurar novos produtos para a estação, surge esta informação no referido site: http://xfactor.itv.com .

Se desconhece este formato, fique a saber que X Factor é uma espécie de Ídolos, que passou na SIC, com três jurados terriveis - o famoso Simon Cowel sabe que ele é bem pior que Luís Jardim - capazes de destruir a alma do mais incauto concorrente.

O concurso já foi vendido para 14 paises e segundo o site da ITV (canal que mais fala sobre o assunto), Portugal teria adquirido os direitos de emissão recentemente, estando decidido a emitilo ainda nesta Primavera. A produção, tal como internacionalmente, caberia à Fremantle Media.

A TV Guia entrou em contacto com a produtora em Portugal, que não quis adiantar muito sobre o assunto. "Já mostrámos estes e outros formatos aos vários canais televisivos", explica Pedro Isidro, não adiantando porém se a TVI é o canal que ficaria encarregado de o pôr no ar.

UMA CANÇÃO PARA JÚLIA?

E existirá já apresentadora escolhida para este concurso? Tudo aponta para que seja Júlia Pinheiro, ou não fosse ela a vencedora neste tipo de formatos. A TV Guia entrou em contacto com a apresentadora, que declarou desconhecer qualquer informação sobre este X Factor. "Não sei de nada. Será verdade?", interroga a apresentadora de As Tardes da Júlia.

Não podemos esquecer que a apresentadora já disse várias vezes que preferia ser a cabeça-de-cartaz de mais uma edição de Uma Canção para Ti ao lado de Manuel Luís Goucha, tal como aconteceu no final de 2008. "Já disse e reafirmo que gostava de apresentar o programa", finaliza.

Se assim for, qual chegará primeiro ao pequeno ecrã. De relembrar que Moniz, director geral da TVI disse no inicio deste ano que o concurso onde Miguel Guerreiro se sagrou vencedor iria regressar este ano ao ecrã, ouve quem disse-se que seria na Primavera, mas á quem diga que é no final do ano.


VEJA AS NOVIDADES que estão nos blogs do MENU do Tudo-Sobre-A-TV. O Menu está na barra lateral do blog.

Pág. 3/3