Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Quinto canal mantém-se

Augusto Santos Silva

O ministro dos Assuntos Parlamentares recusou suspender o processo para atribuição do 5ª canal de televisão. A questão foi levantada pelo deputado do CDS-PP, Pedro Mota Soares, que apontou a quebra no mercado publicitário como efeito da crise financeira.
Santos Silva disse não poder impedir que o segmento da TV paga conquiste "quota de mercado publicitário". "Se é verdade que a televisão tem actualmente a parte de leão das receitas publicitárias, não vejo como por decisão política se deve impedir que grupos, que estão na imprensa e na rádio, tenham acesso à televisão, ou seja, à principal fonte de financiamento da sua actividade", frisou.

EXCLUSIVO: O VERDADEIRO FINAL DE "Feitiço de Amor"!

Alice fica grávida e encontra o amor ao lado de Henrique, Afonso morre, Nuno e Raquel livram-se de Joca e Verónica termina pobre...

"Feitiço de Amor" deverá ter perto de 240 episódios e as gravações só devem terminar em Fevereiro de 2009, mas o final já está decidido.

Conheça já o final desta novela que é a mais vista de Portugal.

Alice e Henrique acabam juntos!

Não vai ser fácil para Alice atingir a felicidade e ficar com Henrique. Os dois parecem estar fadados a ser separados quer pelas circunstâncias, quer pelas manipulações de Luísa (Maria João Falcão) e João (Gabriel Silva).

Desde que Afonso voltou do Egipto, torna-se um completo psicopata: O Afonso, subitamente, perde a total noção da realidade, envolve-se com a Luísa e com a Verónica masa não perdoa a ex-mulher por ter estado com Henrique e por isso tenta matá-la, primeiro tenta atropelá-la e depois chega mesmo a espancá-la quase até á morte.

Depois deste sofrimento todo Alice acaba feliz ao lado de Henrique e á espera de bebé...como num conto de fadas!

Nuno e Raquel livram-se de Joca

Quem também irá ter o final desejado será Raquel e Nuno que vão ter alguns problemas com a chegada de Joca (Renato Godinho), a vida dos dois vai mudar muito, mas vão acabar lado a lado.

Nuno vai trair Raquel com Paula (Helena Costa), mas Raquel vai perdoá-lo mas vão acabar felizes, ao lado um do outro e á espera de um bebé.

Verónica termina pobre

Se o destino do casal principal já está traçado. Qual será o final dos vilões? Afonso vai acabar louco e morre antes do final ou no últoimo episódio. Já Verónica acaba a pedir na rua e louca.

EXCLUSIVO: Flor do Mar

 O que vais ver no 2.º Episódio:

Salomé pede a Gaspar que cumpra a sua parte no acordo
Gaspar repreende Salomé por só pensar em dinheiro quando acabou de perder os pais. Salomé propõe a Gaspar que a ajude a casar Maria Inês com George, para que ela possa ter a sua parte da fortuna.
Filipe diz a Mercês que não vai poder ajudar Eduardo a sair da prisão, pois é advogado de Gaspar e deve-lhe lealdade. Diz-lhe ainda que será muito complicado tirá-lo de lá pois a fiança é muito alta. No entanto, para alegria de Mercês, Eduardo é posto em liberdade pois Salomé pagou a fiança. Mas Mercês desconfia da boa vontade de Salomé¿
Eduardo conversa com Salomé agradecido pelo que esta lhe fez. Salomé consternada, diz ao tio que o responsável pela sua detenção pode ter sido Gaspar pois ele sempre o tentou prejudicar e por isso pode ter armado tudo para o ver na cadeia. Eduardo olha-a enternecido e Salomé finge estar fascinada por ele.
Maria Inês e Pedro enquanto conversam olham-se com um carinho muito especial.
Ana Maria está com Isabel a caminho do hospital quando o carro de Gustavo se atravessa no seu caminho. Os dois discutem e Gustavo diz que tudo o que Isabel possa ter contado é mentira pois não se pode acreditar numa prostituta que lhe quer estragar a vida. Ana Maria, ainda aterrorizada pelo que viu na noite anterior no iate, devolve o anel de noivado a Gustavo.
Pilar aprecia o carinho e amor entre Carolina e André e que já não existe no seu casamento com Lourenço.
Salomé pede a Gaspar que cumpra a sua parte no acordo que fizeram e que mude o seu testemunho na polícia para Eduardo ficar livre do problema. Mais tarde, Salomé segue Mercês até ao convento... A Irmã Rita considera importante que Mercês conte a verdade a Salomé mas Mercês tenta convencê-la do contrário. Ao ouvir esta conversa, Salomé começa a ter suspeitas sobre quem possa ser a sua mãe e, após a saída de Mercês do convento, vai falar com a Irmã Rita.
Diana acha estranho que o pai tenha retirado a queixa contra Eduardo.
Salomé procura Mercês em sua casa. Petra pede a Salomé que se vá embora pois não é bem vinda naquela casa.
Salomé vê Gaspar e pergunta-lhe sobre a identidade da sua mãe verdadeira, mas este desconhece quem seja. Mais tarde interroga Mercês sobre o que ela esconde. A tia de Gaspar diz que o que sabe irá morrer com ela.
Pedro e Maria Inês passeiam no barco de Pedro que está cada vez mais atraído por esta. Estão a chegar a casa e num momento de carinho mútuo estão quase a beijarem-se quando são interrompidos por Salomé. Esta adverte-a pois não se poderá apaixonar por ninguém na Madeira, que cedo regressam para África do Sul.
André que acaba de chegar de Lisboa à Madeira, repreende Pedro por não estar nos hotéis. O ambiente entre ambos é tenso e Pedro diz-lhe que está farto que o pai nunca esteja satisfeito com o seu trabalho apesar do esforço que tem feito.
O Padre Mariano ensaia o grupo musical onde Olívia e Rui participam.
Um hóspede procura a casa das Cardosas, onde reservou um quarto.
Tozé e três amigos vandalizam a barraca de fruta de Alex, que humildemente tenta apanhar o que está no chão. Diana chega nesse momento e repreende Tozé, dizendo que irá contar a seus pais. Diana diz a Alex que será melhor chamar a polícia, mas este implora-lhe para não o fazer.
Olívia conta ao pai, que foi Salomé quem convenceu Gaspar a tirar a queixa. Eduardo sente-se eternamente grato pelo que a sobrinha tem feito. Nesse momento entra Mercês que diz a Eduardo que Salomé não tem bom carácter. Que soube através de uma prima que era vizinha de Alfredo, que ela gastava todo o dinheiro ao pai, não queria trabalhar e que namorava com um homem que só queria aproveitar-se dela. Eduardo ignora tudo o que a tia lhe diz, pois está sensibilizado com o que Salomé tem feito por ele.

Veja aqui o trailer de apresentação

Pedro Miguel Ramos apresenta ‘Tá a Gravar!’

Pedro Miguel Ramos volta à apresentação de um programa televisivo na próxima quarta-feira, dia 19, apurou o CM. O marido de Fernanda Serrano aceitou o convite da direcção de Programas da SIC para co-apresentar ‘Tá a Gravar!’, em parceria com Carolina Patrocínio.
O nome de Pedro Miguel Ramos surgiu após o afastamento de Pedro Ribeiro, inicialmente dado como certo na condução daquele formato. No entanto, o director de Programas da Rádio Comercial, Pedro Ribeiro não teve luz verde da Media Capital (que detém aquela rádio e a TVI) para trabalhar num programa de Carnaxide.

Ao CM, Daniel Oliveira, coordenador de ‘Tá a Gravar!’, explica que este 'programa é feito em conjunto com os espectadores. Vive muito de imagens do dia-a-dia, nacionais e internacionais'. Aquele responsável adianta que ‘Tá a Gravar!’ não é um programa de apanhados pois recorre a 'situações reais, que não são forjadas'. E exemplifica: 'Usamos muitos conteúdos da internet. Uma parte do programa assenta naqueles mails que recebemos no local de trabalho, com a indicação para ver um vídeo ou um comentário.'

Por essa razão, salienta Daniel Oliveira, ‘Tá a Gravar!’ não é apenas um programa hilariante. 'Temos um bom equilíbrio. Procuramos outras valências e estamos atentos à actualidade', nota.

Para já, ‘Tá a Gravar!’ está pensado para uma série de 13 programas, que serão exibidos às quartas, quintas e sexta-feiras, logo a seguir ao ‘Jornal da Noite’ (cerca das 21h30). O programa tem também uma grande componente de ligação aos telespectadores, que podem enviar vídeos, fotos, sugestões e comentários para o endereço gravar@sic.pt.

‘Tá a Gravar!’ marca também a estreia de Carolina Patrocínio em horário nobre. A apresentadora, que se destacou em ‘Disney Kids’ e ‘Rock in Rio’, está ansiosa por ter a oportunidade de 'fazer companhia a um público mais vasto' e garante que vai manter 'um registo próprio'.

PERFIL

Pedro Miguel Ramos nasceu a 26 de Junho de 1971. Integrou a redacção da SIC, mas saiu para trabalhar na Rádio. Trabalhou na RTP e na TVI, onde apresentou ‘Big Brother’, ao lado de Teresa Guilherme. Empresário, lançou a cadeia de bares Amo.te.

FERNANDA SERRANO MANTÉM-SE NA TVI

Fernanda Serrano, a mulher de Pedro Miguel Ramos, revelou na semana passada ter vencido a luta contra o cancro da mama. Os dois casaram em Agosto de 2004 e têm dois filhos, Santiago, de três anos, e Laura, de nove meses. Ultrapassada esta fase complicada da sua vida, a actriz está de regresso ao trabalho, e já admitiu que as telenovelas da TVI vão continuar a  fazer parte do seu dia-a-dia:  'O José Eduardo Moniz anunciará quando for oportuno'.

REENCONTRO COM BÁRBARA GUIMARÃES

De regresso à SIC, Pedro Miguel Ramos vai reencontrar nos corredores da estação de Carnaxide a sua primeira mulher, Bárbara Guimarães. Os dois casaram-se em 1997 numa cerimónia realizada na República Dominicana e divorciaram-se em 2002, após um processo complicado. A apresentadora é actualmente casada com o deputado Manuel Maria Carrilho, que assumiu o cargo de embaixador da OCDE, fixando residência em Paris, França.

 

Isabel faria

 

EXCLUSIVO Casos da Vida: Falsas Esperanças

Falsas Esperanças é o próximo Caso da Vida do próximo Domingo.

     

Bárbara e os amigos fazem uma festa de aniversário surpresa a Mónica pelos seus 40 anos. Esta não fica muito contente pois sente os anos a passarem, a viver cada vez mais para o trabalho e a continuar sozinha, sem um namorado a quem dar satisfações.
Rodrigo está alegremente a falar num chat na internet e Mónica muito aborrecida vai visitando algumas pessoas num site de encontros virtuais. Não satisfeita com as caras que vai vendo, Mónica queixa-se uma vez mais com a prima, Bárbara, que a aconselha a escrever-se numa agência matrimonial.
Já de manhã Rodrigo ouve o despertador de Dalila tocar e desliga o computador. Esta repreende-o pois está farta que passe as noites no PC, começa a desconfiar que não seja só a trabalhar e discute com Rodrigo pois passam cada vez menos tempo juntos.
Mónica organiza um evento que é um sucesso. O gestor da marca divulgada, aprecia o trabalho que desenvolveu e convida-a para jantar. Mas Mónica está desanimada e acaba por não se divertir.
Dalila faz uma surpresa a Rodrigo e aparece em casa na hora do almoço. Rodrigo, que não está a contar com a presença da mulher, está na internet, o que deixa Dalila ainda mais desconfiada e irritada.
Bárbara pede ajuda a Dalila, com quem trabalha na agência matrimonial, para conquistar o seu professor da universidade por quem se apaixonou. Uma vez que Dalila é uma conselheira do amor, dá-lhe os seus pareceres.
Dalila prepara um jantarzinho especial e requintado para Rodrigo, mas este não dá grande importância. Janta rapidamente e vai para o computador, onde passa horas. Dalila discute com Rodrigo pois está farta de pedir a atenção do marido e não ser correspondida. Bárbara está feliz pois conseguiu conquistar Afonso.
Mónica e Dalila, admiradas, abraçam-se quando se vêm, pois já se conheciam do ginásio. Mónica conversa sobre o seu problema, a solidão que sente e a vontade que tem em conhecer outra pessoa. As duas falam animadamente e procuram um homem que se adapte ao perfil que Mónica procura. Dalila Marca-lhe um encontro com Paulo.
Rodrigo fala com Carla na internet que está chateada, pois quer conhecê-lo pessoalmente mas este está reticente pois não quer trair Dalila. Carla é firme na sua postura e diz-lhe que se não marcarem um encontro, nunca mais falará com ele. Rodrigo fica sem saber o que fazer, acabando por ceder às pressões de Carla e encontram-se pela primeira vez. Conversam alegremente e animadamente, acabando por se beijarem.
Mónica e Paulo encontram-se para jantar. Acabam a noite em casa de Mónica onde se beijam intensamente e fazem amor. Acordam juntos felizes e apaixonados.
A situação entre Dalila e Rodrigo está insustentável. As discussões são uma constante e os carinhos cada vez mais ausentes.
Carla surpreende Rodrigo em sua casa. O marido de Dalila fica inicialmente receoso, mas acaba por se deixar envolver pela beleza de Carla e fazem amor. Dalila chega entretanto a casa e Rodrigo, arrependido, abraça-a e carinhosamente combina com ela saírem para jantar.
Paulo começa a revelar uma postura ciumenta e obsessiva com Mónica. Carla sente saudades de Rodrigo, pois já não o vê há um mês, mas este diz que é melhor não se encontrarem mais, pois ama a mulher e não quer continuar a manter nenhuma relação com Carla. Esta fica desesperada e jura-lhe que se vingará. Paulo cada vez mais obcecado, numa das suas discussões com Mónica dá-lhe um estalo.
Bárbara, Mónica e Dalila estão juntos a darem apoio umas às outras, pois uma foi traída, outra agredida e outra descobriu que o namorado é gay.
Como terminará as aventuras/desventuras destas três amigas que foram atraiçoadas pelo enigmático problema do amor?

 

 

Elenco:

Diogo Fernandes - Rodrigo Freitas
Dânea Neto - Carla Gomes
Cristina Cunha - Mónica Baptista
Margarida Cardeal - Dalila Guimarães
Miguel Guilherme - Paulo Fortuna
Teresa Tavares - Bárbara Andrade
Autoria: Ana Vasques
Realização: Paula Mourão

Pedro Ribeiro fora do “Tá a gravar!”

O autor das “Conversas ribeirinhas”, da SIC Radical, foi impedido pela Média Capital de apresentar o novo programa da SIC, confirmou ontem o JN junto da estação de Carnaxide.

 Recorde-se que Pedro Ribeiro tem actualmente o cargo de director de Programas da Rádio Comercial, do grupo detentor da TVI.

Até ao final do dia de ontem ainda não tinha sido encontrado substituto para a apresentação do formato, feito com vídeos dos espectadores, ao lado de Carolina Patrocínio. Não se sabendo, por esse motivo, se “Tá a gravar!” estreia na próxima quarta-feita.

 

TUDO SOBRE A NOVA NOVELA DA TVI "FLOR DO MAR"

Para José Eduardo Moniz, director-geral da TVI, as imagens de ‘Flor do Mar’, gravada em alta definição, vão marcar a diferença. A novela substitui ‘A Outra’ já a partir de domingo.
Sofia Alves

Alfredo (Nicolau Breyner) escreve uma carta quando é interrompido pela filha, Maria Inês (Sara Barradas), que lhe deseja um bom dia na enorme mansão, de jardins bem cuidados, onde vivem na África do Sul. Alfredo observa uma fotografia, já com 25 anos, dele e dos seus irmãos: Gaspar (Rogério Samora) e Eduardo (Nuno Homem de Sá). Na carta pede desculpa por tê-los abandonado sem um beijo de despedida. São estas as primeiras cenas de ‘Flor do Mal’, a nova novela da TVI, gravada na Madeira e que deverá estrear no domingo, dia 16.

“Como açoriano, nunca desejei tanto que os madeirenses fossem bem sucedidos”, frisa José Eduardo Moniz, director-geral da TVI, durante a apresentação da novela, protagonizada por Paula Lobo Antunes, Sofia Alves, Rogério Samora e Nuno Homem de Sá. Moniz defende que “a novela vai deixar todos muito orgulhosos” e que “a beleza dos cenários é a principal personagem”. E salienta que “‘Flor do Mal’ tem em comum com ‘Ilha dos Amores’ [gravada nos Açores] a autoria, a produção e a realização”.

Paula Lobo Antunes, a principal vilã da história, descreve a sua personagem, Salomé, como “uma pessoa sem escrúpulos que faz tudo para ter o que quer, precisa e que acha que tem direito”. “Ela foi injustiçada e ficou sem um tostão. Tinha um estilo de vida que lhe foi retirado e descobriu que os pais, afinal, não eram os seus verdadeiros pais”, continua a actriz, em defesa de Salomé. Sobre as gravações na África do Sul, onde esteve a rodar o primeiro episódio da novela, a actriz nota que “foram geniais”. César (Juan Soutullo), seu namorado na ficção, é “cúmplice dela” e responsável pela morte da mãe e do pai. “É ele quem arma a confusão no supermercado onde Alfredo e Rute, os pais adoptivos, são alvejados.”

Maria Inês e Salomé acabam por abandonar a África do Sul e partem para a Madeira, onde se efectua o funeral dos progenitores. Ao ler o testamento, Salomé percebe que ficou apenas com um imóvel e decide ir atrás da sua fortuna. É então que ‘ataca’ Eduardo (Nuno Homem de Sá), a quem Alfredo deixou a maioria dos bens. A rivalidade com o irmão, Gaspar (Rogério Samora), intensifica-se. “Supostamente, sou o irmão pobre que é vítima das maroscas do irmão, para não me deixar evoluir na vida”, conta Homem de Sá. “O público vai identificar-se muito mais com o Eduardo do que com o Gaspar”, acredita. O Rafael da novela ‘A Outra’ explica ainda à Correio TV que o “mais complicado foi a mudança de registo absurda de um vilão [Rafael] para um pseudo-galã romântico. Para o Eduardo, a terra e as filhas são as coisas mais importantes”.

Quem também muda radicalmente de registo é o actor que assumia Raul em ‘Fascínios’. Na pele de Gaspar, Rogério Samora tem interesses bem diferentes. Órfão de pai e mãe, viúvo e apenas com a quarta classe, é um dos homens mais ricos de toda a ilha. Aliás, para ele o dinheiro é o mais importante. “É um homem conservador, machista, reaccionário, talvez até fascista.” Sobre a relação com o irmão odioso, o actor sublinha: “Antes das gravações fazemos um pequeno ensaio de picardia, para que as cenas saiam ainda melhores. Chegamos quase a ofender-nos, na brincadeira, para aquecer.” Gaspar culpa o irmão pela morte dos pais e da mulher, Lúcia, por quem tinha uma paixão ardente. Há 25 anos surpreendeu-a com Eduardo. Os dois estavam deitados no chão a trocar beijos ardentes.

Gaspar só volta a amar quando conhece Ana Maria (Sofia Alves). Porém, ela vai apaixonar-se por Eduardo, reacendendo ainda mais a guerra entre os dois irmãos. “A minha personagem vive primeiro em Lisboa. Depois, com as perseguições do noivo, Gustavo (Ricardo Carriço), acaba por vir para a Madeira à procura de uma nova vida”, começa por contar Sofia Alves, que em ‘Flor do Mar’ vive momentos de intensa violência. “O Gustavo é um multimilionário muito conhecido que aluga um iate para fazer a festa de noivado e convida a Comunicação Social toda.” Durante a festa, Ana Maria descobre que “ele tem uma amante e torna-se uma noiva em fuga, acabando o noivado, com os jornalistas todos a assistir. É um grande escândalo”, explica a actriz. A partir de então, Gustavo faz-lhe a vida negra.

“De tal forma que lhe mata o cão e provoca--lhe acidentes. Ela acaba por fugir para a Madeira, onde conhece esses dois irmãos que a vão disputar.” Sofia Alves, que já protagonizou ‘Ilha dos Amores’, gravada no arquipélago açoriano, salienta a “qualidade das imagens” da nova novela da TVI, “gravada em alta definição”. A actriz só começou a gravar nesta semana na Madeira, porém já teve oportunidade de visitar a ilha antes: “As pessoas são muito hospitaleiras, come--se muito bem e recebem-nos muito bem. São muito abertos e comunicativos.”

Carolina Gouveia (Helena Laureano) é a melhor amiga de Ana Maria. É casada com André (Almeno Gonçalves), com quem tem dois filhos. “É um casamento de amor, bem forte. Até que ela descobre que um dos filhos não lhes pertence”, começa por contar. “Quando foi o parto, possivelmente, a criança tinha uma deficiência e o André trocou os bebés. A partir daí haverá uma luta renhida e ela vai dar que falar”, explica a actriz, que está “a adorar” integrar este elenco.

MADEIRENSES NA NOVELA DA TVI: FORMAÇÃO DE ACTORES

Rui de Sá, director de actores de ‘Flor do Mar’, fez o primeiro curso para actores na Madeira. “A ideia é formar pessoas para integrar o elenco da novela”, revela à Correio TV o responsável. No dia 8, os candidatos a actores encenaram a peça ‘Risos da Madeira’. “Tivemos mais de 200 pessoas a assistir”, conta Rui de Sá. “Dia 29 arrancamos com outro workshop, em que participará, por exemplo, Marina Rodrigues [ex-Miss Portugal], que interpreta Suzy na novela”, conta o responsável, adiantando que já seleccionou “duas mulheres para fazer um casting para integrar o elenco”.

EDIFÍCIO PÚBLICOS SÃO CENÁRIO: EXTERIORES NA MADEIRA

A quase totalidade dos exteriores de ‘Flor do Mar’ são gravados na ilha da Madeira. E muitas das fachadas que os telespectadores vão ver na nova novela da TVI são de edifícios públicos. “Um dos locais onde estão a gravar é na câmara municipal, um palácio muito bonito que penso ser um cartório notarial na novela”, revela o presidente da autarquia do Funchal, Miguel Albuquerque. E salienta: “Demos algumas indicações sobre os melhores sítios para gravar.” Sofia Alves só começou a filmar nesta semana na Madeira.

Na novela, ela foge para a ilha depois de descobrir que o noivo, Gustavo, tem uma amante. A casa para onde se muda é, na verdade, o Centro Cultural de Santa Cruz (na foto), na zona sul. O imóvel tem dois andares e o vizinho de baixo é Filipe (Rodrigo Menezes). Miguel Albuquerque reconhece que esta novela será muito importante na economia madeirense tendo em conta “as audiências da TVI”.

GOVERNO REGIONAL APOIA NOVELA: MEIO MILHÃO DE EUROS

A Quinta do Til, no Funchal, encheu-se de caras conhecidas para a apresentação da nova novela da TVI. Uma festa cheia de glamour abrilhantada com fogo-de-artifício. Paula Lobo Antunes, Sofia Alves, Rogério Samora, Nuno Homem de Sá e o próprio director-geral da estação, José Eduardo Moniz, foram o centro das atenções. O responsável do canal agradeceu publicamente “o apoio dado pelo Governo Regional da Madeira”. Conceição Estudante, responsável pelo turismo da região, referiu que “esta é uma grande oportunidade para atrair o turismo nacional para a Madeira, até porque agora já há viagens de baixo custo”. O governo regional contribuiu com cerca de meio milhão de euros para este projecto.

Morreu o actor Pedro Pinheiro

 O actor Pedro Pinheiro que participou nas séries "Os Malucos do Riso" na SIC e na série infanto-juvenil "Detective Maravilhas da TVI, faleceu ontem às 20:15 vítima de doença prolongada, aos 68 anos.

Estava internado desde dia 2 de Outubro, devido a um cancro recentemente descoberto.

O funeral do actor realiza-se amanhã pelas 12:30h no cemitério dos Olivais.

 

'Jornal Nacional de sexta-feira’ - Jornalistas contestam

Manuela Moura Guedes defende que apresenta um jornal independente

Aconstituição de uma equipa própria para assegurar o ‘Jornal Nacional de sexta-feira’, da TVI, está a causar tensão na estação de Queluz. Alguns jornalistas queixam-se de falta de meios para o noticiário normal durante a semana e acusam a direcção de Informação de “não ter confiança na Redacção”.
Manuela Moura Guedes, pivô e subdirectora de Informação, desvaloriza: "Tinha de ir buscar à Redacção pessoas para fazerem peças com alguma dimensão." E explica que, depois de ter assegurado o noticiário com apenas dois estagiários, "nesta segunda fase foi necessário ir buscar algumas pessoas, nomeadamente à área da Sociedade, para fazer peças para sexta-feira. Mas sempre que necessário esses jornalistas trabalham para o dia-a-dia".

Manuela Moura Guedes frisou ainda que o factor distintivo do noticiário que apresenta é o "trabalho de investigação". "A regra é não ser subserviente ao poder. Procuramos fazer um jornal que fala sem rodeios das coisas que se passam e que preocupam os portugueses. Temos tido, felizmente, algumas coisas exclusivas", afirma. Sobre o estilo agressivo, nota que "os portugueses têm falta disso mesmo e sentem necessidade de que haja um jornal que não esteja com rodriguinhos." "Continuamos a ter recusa por parte do Governo em ir responder ao nosso jornal. Houve muitos convites a ministros e não houve um que aceitasse, independentemente de nós nos propormos a ir ter com eles. Acho que não querem mesmo".

Entretanto, durante a semana correram rumores de que Constança Cunha e Sá iria deixar o cargo de editora de Política da TVI. "Isso não é verdade", frisou a apresentadora de ‘Cartas na Mesa’ ao Correio da Manhã.

Já sobre o lançamento do canal de notícias TVI 24, o director de Informação, João Maia Abreu, disse ser "ainda cedo para falar do assunto". O CM sabe que o nome de Márcia Rodrigues, da RTP 1, foi veiculado para este novo projecto. Maia Abreu apenas confirmou que estão interessados em recrutar pessoas novas e vedetas de outras estações.

Emídio Rangel prepara candidatura da Zon ao quinto canal de televisão

Emídio Rangel, o fundador da SIC, foi contratado pela Zon para apresentar, até ao próximo dia 21 de Janeiro, a candidatura ao quinto canal de televisão generalista. A Cofina e Controlinveste, ambas accionistas da Zon e que tinham manifestado interesse em participar no concurso, não se entenderam e desistiram do projecto.
Até agora, não foram anunciados outros candidatos ao concurso público para o lançamento da primeira televisão digital terrestre em Portugal. A decisão do vencedor está prevista para Abril do próximo ano.
Há cerca de 12 dias que Emídio Rangel trabalha no projecto de candidatura que a Zon lhe entregou, apostada em contrariar o argumento de que o actual panorama do mercado publicitário não oferece condições para o sucesso de mais um canal televisivo.
Um estudo desenvolvido recentemente pela Carat, uma das principais agências de meios, indica que desde há oito anos o investimento das marcas em publicidade cresceu apenas 5,5 por cento em Portugal. Mas, para os responsáveis da empresa, deverá ser o mercado a definir a existência ou não de um espaço para outra televisão generalista com uma informação e uma programação que se pretende diferente e de qualidade.
A contratação do antigo "patrão" da SIC foi ontem confirmada por uma fonte oficial da Zon, que indicou que Rangel é "consultor externo" da empresa para a área do quinto canal. As ideias para pôr este projecto em prática estão, por enquanto, no segredo dos deuses.
Segundo a portaria que anuncia o concurso, este destina-se à "atribuição de uma licença para o exercício da actividade de televisão que consista na organização de um serviço de programas de âmbito nacional, generalista, de acesso não condicionado, livre e com 24 horas diárias de emissão, utilizando espectro hertziano destinado à radiodifusão televisiva digital terrestre."