Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

ESPECIAL: Planeta em choque com morte do REI DA POP

O cantor norte-americano Michael Jackson morreu quinta-feira, na sua residência de Los Angeles, aos 50 anos, vítima de paragem cardíaca. Tinha ao seu lado o seu médico pessoal que chamou os bombeiros. Quando estes entraram em casa o cantor já não estava a respirar, mas terão tentado ressuscitá-lo, levando-o para o hospital da Universidade da Califórnia. 
Os médicos tentaram reanimar o cantor mais de uma hora, revelou Jermaine Jackson, irmão do artista e porta-voz da família. O corpo foi transferido para o Instituto de Medicina Legal de Los Angeles onde vai ser autopsiado.

Em tempos conhecido como o rei da música pop, o norte-americano tornou-se cada vez mais excêntrico e isolado devido a acusações de pedofilia. Ultimamente estava a tentar recuperar a carreira graças a uma série de 50 concertos em Londres (This Is It), com início marcado para 13 de Julho, na O2 Arena, cujos bilhetes tinham esgotado em minutos.

Michael Jackson começou a cantar em criança, ao lado de vários irmãos no grupo Jackson 5. Tornou-se a maior estrela da indústria discográfico em 1982 com ‘Thriller’, o álbum mais vendido da história, com mais de 106 milhões de cópias adquiridas em todo o Mundo. Ao longo da sua carreira, conquistou 13 Grammys. Em Portugal, actuou no Estádio de Alvalade em Setembro de 1992.

Após ter sido confirmada a morte do cantor, os seus fãs começaram a reunir-se junto ao hospital, com a Polícia a montar um cordão de segurança em torno do local. A família Jackson pediu à imprensa que respeitasse a privacidade e o momento doloroso que estão a viver.    

FAMÍLIA DE JACKSON TEME OVERDOSE DE MEDICAMENTO

Familiares de Michael Jackson disseram ao site norte-americano TMZ que o cantor tomou uma injecção de Demerol, um medicamento parecido com morfina, horas antes da paragem cardíaca que lhe provocou a morte na tarde de quinta-feira (hora de Los Angeles).

As fontes contactadas pelo site TMZ dizem ainda que Joseph, o pai de Michael Jackson, estava a insistir com o filho para se internar numa clínica de desintoxicação. E também que a dependência de medicamentos estava a pôr em causa os concertos agendados a partir de Julho em Londres.

Segundo o 'The Sun', o cantor começou a sentir-se mal depois de ter tomado a injecção. 'A respiração dele ficou mais lenta e mais lenta, até que parou', descreveu uma fonte contactada pelo diário britânico.

PROMOTORA SOFRE PREJUÍZO DE 350 MILHÕES DE EUROS

A companhia promotora do regresso de Michael Jackson aos palcos enfrenta um prejuízo que pode ascender os 350 milhões de euros, com o cancelamento dos concertos do artista.

A estrela da pop iria iniciar uma digressão no dia 13 de Julho com um total de 50 concertos. A imprensa inglesa refere que existem dúvidas sobre a capacidade das seguradoras do cantor reembolsarem a produtora pelos prejuízos.

FÃS PORTUGUESES PRESTAM HOMENAGEM

O Clube de fãs portugueses de Michael Jackson está a organizar uma homenagem ao artista, embora ainda sem lugar confirmado. Delfim Miranda, fundador do clube referiu que o tributo será em Lisboa e que gostava que o mesmo acontecesse no Jardim Zoológico uma vez que Michael Jackson possuía um Zoo em casa.

 

FÃS CHINESES JUNTAM-SE NA INTERNET

Os admiradores chineses de Michael Jackson - de várias faixas etárias - criaram uma página na internet de tributo ao artista, onde deixam mensagens de pesar e sugerem uma vigília fúnebre. O álbum 'Thriller', lançado no íncio dos anos 80, abriu a porta à música pop ocidental na China.