Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

NOVA NOVELA: "Deixa que te leve" ao Norte

Novela da TVI gravada em Arcos de Valdevez vai substituir "Feitiço de Amor" a 11 de Maio

Vera Kolodzig

Foi em ambiente de arraial minhoto que José Eduardo Moniz apresentou, ontem, a nova novela da TVI intitulada "Deixa que te leve". Arcos de Valdevez serviu de cenário ao evento, já que ali estão a decorrer parte das gravações.

O lançamento decorreu na Quinta de Parada, em Arcos de Valdevez. E a festa, onde se anunciou a estreia a 11 de Maio, quando esta substituirá "Feitiço de Amor", reuniu no mesmo espaço actores, elementos de produção, autarcas e, claro, José Eduardo Moniz. Segundo o director-geral, os portugueses "vão poder ver uma história romântica, muito comovente em muitos aspectos e também muito familiar. É uma novela que tem de ser vista com um enquadramento de beleza muito acentuado".

Lisonjeado com os elogios, o vive presidente da Câmara de Arcos de Valdevez, João Manuel Esteves Amaral, considerou "um motivo de orgulho" a vila ter sido escolhida pela produção. "Foi muito importante termos conseguido cativar a TVI e a Plural para gravar aqui. Esta é uma oprtunidade de promoção do concelho, das suas gentes e das suas paisagens", frisou o autarca.
Numa primeira fase, as cenas dividem-se entre Arcos Valdevez e outro concelho vizinho. "Conseguiu-se convencer a produção de que as nossas condições são excelentes", explicou ainda o autarca.  Entre o que tem para oferecer, João Manuel destacou "as paisagens, o ex-libris que é a Peneda-Gerês, uma praia fluvial agradável, a gastronomia e bons vinhos".

A nova novela narra a história de Maria Della Luce Távora Gonzaga Valenti, duquesa de Orvieto. Farta da perseguição dos paparazzi, a jovem abandona Itália. Portugal, mais concretamente Arcos de Valdevez e Peneda são o refúgio escolhido daquela que, por cá, dará pelo nome Luz.

No Minho, a protagonista reencontra Octávio Távora, tio materno e proprietário do hotel Paço da Nascente, e conhece Pedro Alves, um rapaz humilde e amigo dos lobos. Opostos, os jovens apaixonam-se, apesar dele estar comprometido com outra.

O quase obrigatório triângulo amoroso acontece em mais um projecto de ficção nacional e dá chama ao produto onde não faltam também truques menos limpos. Vítima de chantagem, Octávio, tio de Luz, perde a exploração de um nascente e acaba por morrer vítima de enfarte. A sobrinha irá descobrir o que se passou, até porque fica com o hotel e, consequentemente, os problemas de Octávio. Além da região Minhota, o enredo vai passar também por Lisboa. Na capital, Luz vai encontrar algumas respostas para o que se passou com o tio. É também ali que vai ser assaltada, numa altura em que procura Delfina Calçada (Maria José Pascoal), com que o tio teve uma relação fortuita, da qual nasceu Filipa (Vera Kolodzig), que ele nunca reconheceu como filha.

2 comentários

Comentar post