Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Herman José A CAMINHO DA TVI?

Herman José foi ao Você na TV da TVI e ao Cartas na Mesa da TVI 24.... onde criticou a SIC. Numa entrevista ao JN Herman José conta tudo.

 Vai ao programa do Manuel Luís Goucha "Você na TV". Isto pode ser visto como um sinal em relação ao seu futuro?

Não quer dizer nada. É só reagir a quem nos quer bem. E em breve faço questão de ir dar um abraço ao Jorge Gabriel! E, se me deixarem, fazer um grande cozinhado.

 

Já não tinha contrato com a SIC...

Desde o final do "Hora H" (agora a passar com grande felicidade minha na SIC Radical) que não tenho contrato de exclusividade com a SIC. Em 2008, estive quatro meses à espera de um projecto. Em 2009, a espera já ia em três meses. Digamos que por muito que se respeite uma empresa não se torna fácil gerir buracos tão grandes, para quem se tinha habituado a sete anos seguidos de muito trabalho. Passei de vedeta do canal, produtor com a Herman Zap de eventos como os Globos de Ouro (que apresentei até ao fim da saudosa era Manuel da Fonseca) a apresentador esporádico de concursos. Não que sinta qualquer ressentimento por tão grande perda de protagonismo, mas não é preciso ser nenhum Einstein para perceber até onde é que a regressão me iria levar...

 

Estava à espera de novo programa.

Tinha sido apalavrado pelo Nuno Santos em Janeiro deste ano um projecto de 13 episódios de "stand up" gravados num teatro ao vivo. Chegamos a discutir orçamentos, desenhar cenários, contactar equipas, mobilizar as Produções Fictícias como autores e co-produtores. Até nos foi dada uma data de estreia: 27 de Março. O nome do programa era genial, e da autoria do próprio director de Programas. Infelizmente, não foi possível a concretização. Digamos que a boa vontade e o encantamento do Nuno Santos terá sido atraiçoado pela maldita crise.

 

Será também um efeito da crise?

Espero que seja só isso. É que as crises passam. A SIC é uma grande marca e merece todo o sucesso.

 

A mágoa vem da altura em que terminou "A Roda da Sorte"?

A mágoa está mais no esforço de quem tenta omitir e esquecer, de que a "Roda da Sorte" pegou num horário queimado há anos, e que na sua 50ª edição já garantia 661000 espectadores e 20,3% de "share". Ironicamente, o "Nós Por Cá" de 30 de Março baixou para 449 mil espectadores. Torço sinceramente para que a fantástica equipa da Conceição Lino (que admiro) chegue à sua 70ª edição, com os mesmos 781700 espectadores e 24,1% de quota da "Roda".

 

Já estabeleceu contactos com a TVI e com a RTP?

Neste momento, a minha cabeça ainda está no CAE da Figueira da Foz onde tenho um espectáculo com a minha orquestra no próximo sábado, e que não admito que seja menos do que excelente !

 

Que tipo de programa gostava de fazer nesta fase da sua carreira?

O meu formato ideal é o modelo "Jay Leno / Conan O'Brian". Algo que ensaiei na RTP com muito sucesso com o Herman 98. Custa a acreditar que Portugal seja o único país que não tenha uma sala de visitas de luxo receber vedetas nacionais e internacionais.

 

Considera que as estações não sabem tratar bem as suas vedetas?

Se fizer essa pergunta ao Manuel Luís Goucha, ao Jorge Gabriel, à Júlia Pinheiro, à Catarina Furtado, ao José Carlos Malato ou à Alexandra Lencastre, garanto-lhe que a resposta é "algumas estações sabem muito bem como tratar e preservar as suas maiores vedetas".

2 comentários

Comentar post