Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

+TVI adiado para o arranque de 2013

O canal do cabo da TVI em exclusivo com a Zon já não vai arrancar até ao fim do ano. Falta de gente para produzir é uma das informações avançadas, mas a direção de Programas nega e diz que o assunto já estava decidido.

Nem depois do verão nem até ao final do ano. O canal do cabo da TVI em exclusivo com a Zon, o +TVI, anunciado em plena época estival, não se estreia antes do começo de 2013. "Há falta de gente para assegurar a produção de tantos conteúdos novos", garantem à Notícias TV várias fontes próximas ao projeto. Na verdade, têm sido conhecidas as várias "dietas" de custos aplicadas à Media Capital e que têm redundado na saída de profissionais.

Luís Cunha Velho, diretor de Programas interino da TVI e em substituição de José Fragoso, que se encontra de baixa médica, confirma a nova data para o arranque do novo projeto, mas não o comentado adiamento e muito menos a razão para tal. "Tanto quanto sei o canal sempre esteve pensado para arrancar no início de 2013. O que posso dizer é que estamos a trabalhar muito bem nos novos conteúdos, bem como no visual de toda a emissão", reitera Cunha Velho. Prossegue, confirmando que "o +TVI vai estrear-se no início de 2013, será ano novo, vida nova". Quanto aos recursos, confirma que "o canal, tal como foi anunciado, tem muita produção própria nacional, muitos conteúdos a necessitar de legendagem e não é a questão dos recursos humanos que está a fazer alterar a data de estreia", refere, sublinhando que essa mesma data não está agora a ser mexida.Em pleno verão, porém, José Fragoso apresentava este canal exclusivo com a Zon - após ter feito o mesmo com a TVI Ficção para a Meo com data de estreia para outubro - tendo como horizonte temporal o fim do ano. O novo temático vai arrancar "durante o último trimestre deste ano", declarou José Fragoso, diretor-coordenador de antena da TVI, a 1 de agosto, durante a apresentação do projeto que decorreu num hotel em Belém, Lisboa.

Na ocasião, a administradora delegada da Media Capital, Rosa Cullell, explicava que, no que se referia ao +TVI - que contaria com mais volume de programação própria do que a TVI Ficção - "para este ano [2012], o valor [do esforço financeiro] estava calculado dentro da grelha da TVI e que só em 2013 seria feito o maior investimento na grelha".

O novo temático, avançou ainda José Fragoso, em agosto, deverá suportar conteúdos como "talk shows, concursos, formatos ligados à gastronomia, à moda, à música", estando também previstas repetições de "programas de sucesso". Este canal iria, ainda nas palavras do diretor-coordenador, "emitir formatos que de outra forma não veriam a luz do dia, dar espaço a profissionais da TVI e a novas iniciativas."