Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Morreu a jornalista Margarida Marante

Morreu a jornalista Margarida Marante, aos 53 anos, vítima de ataque cardíaco.

Mãe de três filhos, a jornalista fez parte da equipa fundadora do canal de Carnaxide. Foi casada com Henrique Granadeiro e Emídio Rangel e deu a cara a várias entrevistas políticas.

De nome completo, Maria Margarida Marante Rodrigues Anjos começou a dar nas vistas no jornalismo em 1976, quando entrou para o semanário ‘Tempo'. Foi ainda colaboradora da revista ‘Opção'.

A televisão apareceu na sua carreira em 1978, quando entrou para a RTP2, que tinha sido acabada de estrear.

Em 1976 entra para o semanário 'Tempo'. No ano seguinte colabora na revista ' Opção'

De 1983 a 1985 realiza uma especialização em Jornalismo nos EUA.

Passou ainda pela revista ‘Elle', onde foi directora, pela TSF, em 1991, e pelo ‘Expresso'.

Em 1992 integra a equipa da SIC e conduziu célebres programas de entrevista como ‘Sete à Sexta', ‘Contra-Corrente' ou ‘Crossfire', ao lado de Miguel Sousa Tavares.

Retirou-se em 2001 e regressou à TSF em 2003. Foi ainda cronista do Correio da Manhã e colaborou com o Jornal de Notícias.

Vítima de uma depressão, Margarida Marante teve no período mais recente alguns problemas pessoais. O caso mais polémico remonta a Dezembro de 2005, altura em que a jornalista acabou com a relação que teve com o ex-segurança Francisco Farinha Simões e apresentou queixa na PSP.
A jornalista revelou então ao CM ter vivido momentos dramáticos ao ser raptada e violentada por Farinha Simões.