Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Actor traficante grita com o juiz

Tiago Fernandes cebrizado em ‘Morangos com Açúcar’ abastecia bairro com droga.

Depois de quase um ano na cadeia à espera de julgamento, desde que em Abril do ano passado foi preso por suspeitas de chefiar o tráfico de droga no bairro Quinta do Lavrado, nas Olaias, Lisboa, o actor Tiago Fernandes, conhecido pela participação na telenovela da TVI ‘Morangos com Açúcar’, entrou com o pé errado na 4ª Vara do Campus de Lisboa. Logo ao início da primeira sessão, ontem, gritou ao juiz.

Os ânimos exaltaram-se quando o actor, 21 anos, não percebeu uma das perguntas do magistrado sobre a sua morada. "Mas qual das moradas?!", gritou Tiago Fernandes. O juiz queria ouvir a morada do bairro, não a do estabelecimento prisional, como o jovem actor insistia.

Mais do que uma vez o juiz-presidente teve de mandar calar os 16 arguidos envolvidos no processo, a maioria deles proveniente da Quinta do Lavrado, antiga Curraleira – onde diariamente se continua a vender e a consumir heroína e cocaína.

Também referenciado por crimes de roubo e condução sem carta, um dos arguidos foi mesmo ameaçado pelo juiz de levar um novo processo-crime porque à pergunta sobre se tinha processos criminais anteriores respondia sempre "não sei".

De resto, conforme o CM apurou junto de advogados ligados ao processo, o juiz decidiu que, "por razões de segurança", todo o julgamento vai decorrer à porta fechada. Ontem, apenas foram ouvidos dois dos arguidos. O actor Tiago Fernandes, que era conhecido no grupo por ‘Tarogas’, recusou-se a responder às perguntas da procuradora do Ministério Público.

Recorde-se que, quando foi detido, a 9 de Abril do ano passado, no Bairro Belo Horizonte, onde vivia com a mãe, o actor estava com outros cinco traficantes – na posse de 115 euros em dinheiro, 22 embalagens de heroína (10 gramas) e 33 de cocaína (sete gramas). Segundo a acusação do DIAP, Tiago, apesar de assumir um papel de chefe nesta associação de traficantes, também procedia à venda directa de droga.

APANHADO NOVE VEZES PELA PSP A VENDER DROGA

Até ao momento em que foi detido pela 5ª Esquadra de Investigação Criminal da PSP, Tiago Fernandes foi apanhado por nove vezes a vender droga na Quinta do Lavrado, a apenas 30 metros de uma creche frequentada por diversas crianças – os polícias viram tudo em acções de vigilância. A 14 de Dezembro, o actor conseguiu mesmo fugir a pé quando abordado por agentes da PSP. Para o chão atirou um saco com heroína.

Muitas das vezes, Tiago Fernandes encontrava-se em casa a gerir o negócio. Segundo a acusação, Carla Portugal, de 36 anos, também detida, ia buscar droga a casa do actor. Através da janela, ele dava-lhe sacos com cocaína e heroína para ela ir vender a dezenas de consumidores, ao mesmo tempo que recebia o dinheiro resultante das vendas anteriores. Quatro arguidos continuam presos.

POSTURA DE GANGSTER EM TRIBUNAL

Tiago Fernandes manteve ontem durante toda a manhã uma postura provocadora, dentro e fora da sala de audiência. Mal chegou ao tribunal, cumprimentou todos os amigos, arguidos no processo de tráfico de droga. Depois, sentado na sala, falava alto com os cotovelos na cadeira até ser advertido pelos polícias da entrada do juiz, para se levantar. Com a audiência já a decorrer, os arguidos não permaneciam em silêncio, sendo várias vezes alertados pelos advogados e pelo juiz. A mãe de Tiago esteve ontem no Campus durante toda a sessão mas não viu o filho, uma vez que não pode assistir à audiência.