Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

SIC reforça Brasil com entrada na Oi

A SIC chegou a acordo com a Oi para incluir a SIC Internacional na oferta de televisão da operadora brasileira que, em breve, terá a PT como um dos principais accionistas. O acesso ao canal irá custar 4,90 reais (2,17 euros) por mês. Com este acordo, o grupo de Francisco Pinto Balsemão reforça a presença num mercado em forte crescimento.

Em Setembro de 2010 eram 9,073 milhões os assinantes de TV paga no Brasil, um crescimento de 19% face aos números de Janeiro. No país, a SIC está já presente na oferta da NET Serviços, na Sky e na Embratel e, sabe o Correio da Manhã, está neste momento a negociar a entrada na oferta da Telefónica.

"Com este passo, a SIC dá continuidade a uma estratégia de internacionalização que visa uma cobertura global, potenciando o seu crescimento quer ao nível dos subscritores quer das receitas publicitárias, neste caso num mercado em forte crescimento", diz Luís Marques, director-geral da SIC.

"O Brasil é um mercado estratégico com enorme potencial, tanto pelas perspectivas de crescimento como pela sua dimensão", diz João Pedro Nava, director de distribuição da SIC.

Em 2009, a SIC facturou quatro milhões de euros com os canais que exibe fora de Portugal. Em 2010, e até Setembro, o valor era de 3,35 milhões, pelo que no total do ano as receitas devem ter ficado acima dos 4,5 milhões.

Actualmente, a SIC está em doze países, através de quatro canais: a SIC Internacional (França, Suíça, Luxemburgo, Bélgica, EUA, Canadá, Brasil, Angola, Moçambique, África do Sul e Austrália), a SIC Notícias (Angola, Moçambique, Cabo Verde e EUA), a SIC Mulher (Angola e Cabo Verde) e a SIC K (Angola).