Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Júlia vai receber um milhão na SIC

Júlia Pinheiro vai ganhar cerca de um milhão de euros brutos por ano na SIC, apurou o Correio da Manhã junto de fonte próxima do processo.

A apresentadora, que em Carnaxide vai assumir uma posição na direcção de programas, terá um ordenado com uma componente fixa e uma parte variável, cujo pagamento será indexado ao número de horas gravadas e exibidas dos programas em que irá participar. Com esta subdivisão do contrato, Júlia Pinheiro deverá ganhar cerca de 700 mil euros líquidos por ano, o que significa aproximadamente 50 mil euros mensais, adianta a mesma fonte.

Questionado pelo CM sobre estes valores, Luís Marques, director-geral da SIC, optou por não fazer comentários.

A transferência de Júlia Pinheiro para a SIC já está fechada, mas só deverá ser comunicada em meados de Janeiro, altura em que terminará o vínculo da apresentadora à TVI. Esta semana, Júlia Pinheiro vai continuar a conduzir ‘As Tardes da Júlia’, programa que estará no ar até quinta-feira. Na sexta, a apresentadora vai aparecer pela última vez no ecrã da TVI, como anfitriã da última gala de ‘Casa dos Segredos’. Depois do final deste programa, e antes de entrar em Carnaxide, Júlia Pinheiro irá gozar um período de férias.

A contratação da apresentadora é a mais recente novidade nas trocas entre a SIC e a TVI. No Verão, o canal de Queluz ‘roubou’ Fátima Lopes e perdeu Gabriela Sobral. Entretanto, a SIC garantiu o concurso de alguns actores da TVI, como é o caso de Rogério Samora.

Mas as transferências não irão ficar por aqui. A TVI continua no mercado à procura de um novo director de programas, com os nomes de José Fragoso (director da RTP), Hugo Andrade (RTP Memória) e Filipe Terruta (braço-direito de José Eduardo Moniz na TVI) a serem os mais comentados nos bastidores.

A SIC, por seu turno, continua o assalto à ficção da TVI. Ao CM, fonte próxima do processo revela que a estação de Carnaxide endereçou cerca de 50 convites a pessoas ligadas ao canal de Queluz e, mesmo que grande parte recuse, é natural que os próximos dias fiquem marcados por mais contratações.