Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

CASA DOS SEGREDOS - TVI espalha 'histórias' dos concorrentes

São 15 a 20 páginas dedicadas à Casa dos Segredos na TV7 Dias, todas as semanas. O novo reality show da TVI vende. E a revista líder do segmento não tem dúvidas de que esta é uma aposta ganha

«A nossa sensibilidade diz-nos que o programa suscita curiosidade e polémica», diz o director, Paulo Canelas. Mas aqui parece que, afinal, o segredo não é a alma do negócio. «A produção gosta que as revistas vão dando as histórias», conta Canelas.

Nuno Azinheira, director executivo da Notícias TV, explica porquê: «O que a TVI quer é ter notoriedade. E está a consegui-la. Não há uma única revista que não tenha o programa na capa».

O método pode surpreender quem está de fora: «É a própria produção que distribui pelas redacções as histórias dos concorrentes», confessa. «Depois, as revistas mandam os jornalistas para o terreno».

Teresa Guilherme é que não se deixa surpreender. «Os segredos não são tão importantes assim», garante a apresentadora dos quatro Big Brother da TVI, que vê a chave do sucesso no jogo.

«O dinheiro e as missões são um elemento muito importante». Outro aliciante é o facto de serem «pessoas completamente isoladas do mundo, sem distracções, forçadas a interagir com estranhos 24 horas por dia».

Mas, se o jogo obriga a mentir para esconder o segredo que se trouxe para a casa e a manipular os outros nas missões atribuídas pela produção, os romances podem perder a piada. «Se não for real, não tem interesse», afirma Teresa.

Todos concordam que «espreitar pelo buraco da fechadura vende», mas Teresa Guilherme lembra que o país já não é o mesmo que há dez anos se rendeu a Zé Maria.

«Não conseguimos dar um passo sem ter câmaras, habituámo-nos a ser vigiados». É por isso que Nuno Azinheira acha que «a Casa é um sucesso, mas está longe do que teve o Big Brother».

Segredos partilhados

Cada um dos habitantes da casa mais famosa do país foi escolhido a dedo, com castings feitos por psicólogos em todo o país. Em comum têm mais do que parece à primeira vista: alguns dos segredos que escondem são repetidos.

Doriana, Andreia e Daniela têm em comum o facto de se terem despido para revistas e de terem namorado jogadores de futebol. Mas Doriana pode ser ainda a pessoa com poderes paranormais. Uma hipótese que encaixa também na história de Vasco, que por sua vez partilha com Jade o facto de ter participado num assalto. E Andreia terá sido acompanhante de luxo.

«Isto ajuda a baralhar e a criar interesse. As pessoas podem tentar adivinhar e isto torna-se um totobola», comenta Paulo Canelas.

O facto de os protagonistas serem anónimos também ajuda. «Confesso que ter caras novas dá jeito», diz Canelas, que não acredita que a fama sobreviva para lá das expulsões. «No máximo, dois ou três ficarão conhecidos».

Paulo Bastos, responsável pelos sites de todos os Big Brother, lembra que no anterior formato «arriscávamo-nos a ter semanas em que não se passava nada». Os segredos vieram alimentar «esta novela da vida real»