Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

CASA DOS SEGREDOS - Filho de Andreia entregue ao pai pelo Tribunal

Por causa da participação na "Casa dos Segredos", Andreia Leal faltou esta segunda-feira à audiência de alteração da regulação do poder paternal sobre o filho mais novo, no Tribunal de Família e de Menores do Porto. Juiz decidiu que, para já, é o pai que fica com Salvador, de oito anos.

A grande ausente na audiência de alteração da regulação de responsabilidades parentais, promovida pelo Ministério Público, no Tribunal de Família e de Menores do Porto, foi mesmo Andreia Leal, por estar a participar no "reality show" da TVI.

Ontem, estava em causa o regime de responsabilidades sobre Salvador, o filho mais novo da concorrente, de oito anos, mas apenas apareceram o pai da criança, Pedro Souto e Castro (que teve a mãe a seu lado), o primeiro marido de Andreia, Fernando Nicolau de Almeida (pai de Benedita, outra filha, mais velha), e a mãe desta, Ana Bela Barbosa Leal, estes últimos como testemunhas de ambas as partes. A eles, juntaram -se os advogados Marta Barreto, da parte de Pedro Souto Castro, e José Ramalhão Branco em representação de Andreia Leal.

A sessão foi curta e só se realizou depois das onze da manhã, ficando nova audiência marcada para Março de 2011, para que Andreia possa marcar presença e defender o seu papel de mãe. Perante a sua ausência ficou, para já, decidido que Salvador ficara a cargo do pai, com quem, aliás, já se encontra, desde a entrada de Andreia na "Casa dos Segredos".

A guarda provisória do menor fica a cargo do ex-marido de Andreia e esta poderá visitar a criança sempre que quiser, após abandonar o concurso. No fundo, "não houve nenhuma decisão definitiva, restando nova diligência", afirmou fonte afecta ao processo, que não se quis identificar.

Contactado pelo JN, o advogado de Andreia, José Ramalhão Branco, garantiu que "o Salvador está bem e à espera que a mãe saia da "Casa"", não adiantando pormenores do processo que pusessem em causa o sigilo profissional a que está obrigado. Já Marta Barreto, advogada de Pedro, recusou qualquer esclarecimento.

O processo foi iniciado em 2008 e nele Andreia ainda consta com os apelidos de casada, Souto e Castro. Curiosamente, hoje é a irmã de Andreia, Carolina, que se terá que apresentar no mesmo tribunal para regulação de responsabilidades sobre o filho Martim.