Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

"Leite night" é o novo programa da SIC K

 

Henrique Gil está prestes a tornar-se no apresentador de "talk show" mais novo da televisão nacional. Com 12 anos, o jovem vai entrevistar gente grande como Zé Diogo Quintela, Clara de Sousa e João Manzarra. O programa estreia quinta-feira na SIC K.

"Leite night" brinca com o nomes dos programas de horário nocturno ("late night") dos Estados Unidos. Mas não deixa se ser um formato em quase tudo semelhante aos programas de conversa que nos vamos habituando a ver em televisão. Quase tudo, porque neste caso o estúdio não possui a habitual secretária do apresentador e muito menos o tradicional sofá destinado aos convidados. O quarto e a cama de Henrique, ainda que ficcionados, são o cenário.

"Quando temos 12 ou 13 anos a zona mais importante do Mundo é o nosso quarto. É lá que nos trancamos com música aos berros quando estamos chateados, é lá que falamos secretamente ao telefone, é lá que passamos horas em frente ao computador, é lá que recebemos os nossos amigos", lê-se na sinopse do programa.

"A primeira parte é um monólogo. Falo de alguns problemas do dia-a-dia", explica o apresentador. Só depois chegam os convidados. As gravações dos 20 programas já terminaram, e pelo quarto de Henrique passaram nomes como Clara de Sousa, Roberta Medina, Zé Diogo Quintela e Vanessa Oliveira. Das entrevistas, as preferidas foram as feitas ao apresentador João Manzarra e ao ciclista da modalidade de Down Hill, Marco Fidalgo.

O programa, de emissão semanal, encerra com um consultório, onde Henrique responde a perguntas relacionadas com a "escola, namoradas, família, coisas do género".

Esta não é a primeira experiência de Henrique Gil em televisão (ver ficha) mas é a sua estreia como apresentador. "Adorei. Foi uma experiência fantástica", conta. A sua selecção foi feita por um "casting" pelas Produções Fictícias, responsáveis pelo formato.

"Espectadores como os outros"

Questionado sobre a razão de ser de um "talk show" para adolescentes, Pedro Boucherie Mendes, director dos canais temáticos da SIC, sublinha que se tratam de "espectadores como os outros". "Desde o início dissemos que o K é para pessoas. Este programa é mais uma prova disso", sublinha.

Comentar:

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.