Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

Tudo-Sobre-A-TV

MAIS DO QUE UM BLOG SOBRE TELEVISÃO

SIC quer mais ficção nacional

A SIC quer apostar na produção de originais portugueses que atraiam público mais jovem, mas que também definam a identidade do canal na ficção. A estreia de ‘Lua Vermelha’, ontem, selou esse compromisso da direcção de programas e Virgílio Castelo, consultor da SIC para a ficção, disse ao CM que essa série juvenil já foi comparada "com o que se faz no canal Disney".

 

"Para nós, direcção de programas da SIC, é sinal que estamos a fazer um tipo de ficção que tem de ser para o grande público, porque somos uma estação comercial. E, ao mesmo tempo, conseguimos fazer, em cada produto que vamos criando, um pequeno up grade de qualidade e de identificação com a estação".

Com uma grelha a estabilizar, a direcção de programas quer marcar diferença. "Temos vindo a subir [nas audiências]. Desde que começámos com ‘Podia Acabar o Mundo’, depois ‘Perfeito Coração’ e agora ‘Lua Vermelha’, que temos vindo a corrigir os erros e à procura daquilo que é o nosso bilhete de identidade em termos de ficção. E acho que estamos a encontrá-lo", salienta Virgílio Castelo.

"Os objectivos da administração e da direcção de programas apontam para que a ficção da SIC vá crescendo, vá solidificando e que possa, com o tempo e o investimento necessário, ter cada vez mais público".

Para conquistar todos os públicos, a estação de Carnaxide tem já programada a adaptação de um projecto original. "Há uma série israelita sobre um psiquiatra, que pretendemos adaptar, a qual, estamos convencidos, vai atrair novos públicos. Sei que vamos gravar ainda este ano", avança o consultor.